Naming

é realmente importante?

É muito comum definirmos o nome de uma empresa ou de um novo produto por nossos gostos pessoais, mas isso é errado?

Quem já passou pelo demorado e complicado processo de escolha de um nome para uma nova marca, produto ou negócio, sabe que nem sempre é possível acertar de primeira. A coisa começa ficar mais complicada quando erramos na escolha e só percebemos quando tudo já está pronto, ou pior, quando um nome esbarra em uma marca já registrada, e é preciso mudar rapidamente para não receber um processo judicial que pode arruinar financeiramente a empresa.

A notícia boa é que não precisamos passar por isso.

No design há um tipo de projeto que se chama naming, e ele trabalha somente para a escolha de um bom nome. Veja bem, a escolha do nome é algo tão estratégico e importante para qualquer negócio, que existe um tipo de projeto com metodologia própria para isso.

Mas o que é um bom nome?

É errado escolher o nome através do nosso gosto pessoal?
Talvez errado não seja a palavra certa, mas é no mínimo negligente da nossa parte quando colocamos o gosto pessoal em primeiro plano, assim deixamos de avaliar pontos importantes como:

Atributo do produto
Seu produto é reconhecido pelo seu público alvo? Vale investir em falar melhor sobre ele?

Essência da marca
Quais as associações que se deseja projetar?

Posicionamento
Você sabe quem é seu público? Ele valoriza marcas mais ligadas ao status ou a praticidade? Quais são suas preferências?

Expansão
O nome escolhido também pode ser utilizado caso o negócio precise ser levado para outra região ou país?

Registro
O nome é registrável?

Vou dar um bom exemplo de como um projeto de naming é parte de uma estratégia maior.

Quem gosta de sorvetes premium conhece a marca Häagen Dazs, sabe que ele vale o que se paga (o que não é pouco). Porém quando você pensa no nome da marca, é levado a pensar que é um nome nórdico – do norte de Europa -, enquanto na realidade é um nome criado para promover o atributo do produto. A marca do sorvete é de originária de Nova York.

2018_TRIO_front

Vamos além, o nome Häagen Dazs não significa nada, foi criado a partir de uma análise de mercado que identificou que a cultura local valorizava produtos nórdicos, como de maior qualidade. Na mesma medida que um nome foi criado, a estratégia de porção e preço do produto seguiu a mesma linha estratégica, fazendo dele uma reconhecida marca de sorvetes premium, atualmente.

Então podemos afirmar que um projeto de naming vai tratar de forma mais ampla e aprofundada sobre questões como tendência de mercado, análise de concorrência, estudo sobre os principais atributos do próprio negócio ou produto, além de pensar na cultura local em que o nome será inserido.

O investimento em um projeto de naming pode trazer mais benefícios imediatos do que o custo dele, sendo que sua principal característica é a projeção futura que a marca pode alcançar. Afinal se o nome é algo tão importante para seu negócio, por que correr o risco?

Veja também:
Projetos de naming 08design

Ocre Interiores

Aline Berli e Ricardo Pukal - Projeto de Identidade Visual - Ocre Interiores

Cosmorama

Fotógrafo Diogo Ramos - Cosmorama

Registro de marca

A dúvida do registro de marca/nome é sempre presente nos projetos de naming. Mas o registro é parte fundamental do projeto, ele tem como principal finalidade tornar o nome e a marca exclusivas, impedindo outras empresas de usarem indevidamente aquilo que é de sua propriedade.

Imagine quanto você gastou entre a criação de sua marca, seu lançamento, a comunicação para conquistar seus clientes e, de repente, aparece no mercado uma empresa com um nome e marca muito similar ao seu, confundindo seus clientes. Não é o que você deseja, certo?

Na 08design fazemos o processo inicial para o registro da marca, além de trabalharmos com uma etapa do projeto dedicada somente a tirar suas dúvidas sobre o registro, diretamente com especialistas em registro de marca.

Posso te contar uma história?

Quer ter mais informações sobre design?

inscreva-se para receber nossa news